Novo Fiat Uno 2017

Fiat revela novo visual do Uno, que chega em setembro
Eis como ficará o visual dianteiro do Fiat Uno 2017. A marca ainda adianta que o modelo será lançado oficialmente em setembro e vai estrear também uma nova linha de motores, composta por um três cilindros 1.0 litro e um quatro cilindros 1.3 l.
          Como podemos observar, o design do futuro Uno ostenta grade e para-choques dianteiros novos, além de rodas redesenhadas e faixas decorativas nas laterais. Não foi divulgada nenhuma imagem da traseira, mas é bem provável que o modelo também passe a adotar lanternas repaginadas, entre outros elementos.
          Especula-se que o três cilindros 1.0 l deverá ter cerca de 80 cv de potência. Já o quatro cilindros 1.3 l deverá disponibilizar 109 cv. Ambos os motores são da família GSE - de Global Small Engines. A intenção da Fiat é fazer com que o novo Uno se distancie cada vez mais do compacto Mobi, ficando um patamar acima do "irmão" menor.

Renault lança o Captur no Brasil

Renault lança o Captur no Brasil
 Apresentado pela primeira vez durante o Salão de São Paulo, o Renault Captur, enfim, estreia no Brasil. O modelo chega em duas versões de acabamento e motorização - a Zen 1.6 e a Intense 2.0, com preços de R$ 78,9 mil e R$ 88.490, respectivamente.
          Montado sobre a plataforma do Duster - lá fora é do Clio -, o Captur tem 4,33 metros de comprimento, 1,81 m de largura, 1,62 m de altura e entreeixos de 2,67 m. O porta-malas tem capacidade de até de 437 litros de bagagens.
novo Renault lança o Captur no Brasil
A versão Zen é equipada com o recém-lançado motor 1.6 16V SCe, de 120 cv de potência máxima e 16,2 kgfm de torque. O câmbio é manual de cinco marchas. De acordo com o Inmetro, o Captur faz 7,6 km/l na cidade e 8 km/l na estrada com álcool. Com gasolina são 10,9 km/l e 11,3 km/l, respectivamente.
          A versão Intense usa o 2.0 16V de 148 cv de potência máxima e 20,9 kgfm de torque. Inacreditavelmente, o câmbio é automático de quatro marchas. Pelo Inmetro, o consumo é de 6,2 km/l na cidade e 7,3 km/l na estrada com etanol. Com gasolina são 8,8 km/l e 10,8 km/l, respectivamente.
lancementos Renault lança o Captur no Brasil

VERSÕES E PREÇOS 
Captur Zen 1.6 SCe (R$ 78.900): tem airbags frontais e laterais, controles eletrônicos de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, direção eletro-hidráulica, freios com ABS, volante com regulagem da altura, ar, rodas de 17 polegadas e vidros e travas elétricos, entre outros. Opcionalmente, sistema multimídia, câmera de ré e pintura em duas cores. 
Captur Intense 2.0 automático (R$ 88.490): todos os itens da anterior, omático, sensor de chuva, farol de neblina e sensor crepuscular. Bancos em couro e pintura em duas cores são opcionais.
VERSÕES E PREÇO  Renault lança o Captur no Brasil


Honda WR-V chega às lojas em março

A Honda realizou pré-apresentação do novíssimo WR-V. A sigla é do pomposo nome Winsome Runabout Vehicle - algo como veículo recreacional cativante. Projeto encabeçado pela Honda do Brasil, o compacto é derivado do Fit e tem forte apelo aventureiro. Fabricado em Sumaré, no interior de São Paulo, o modelo chegará às lojas em março. O preço ainda não foi definido.
Honda WR-V chega às lojas em março

No visual, o WR-V mantém a tradicional receita aventureira, com a adição de plásticos em profusão. Na dianteira, a grade cromada chama a atenção, assim como os conjuntos ópticos com luzes diurnas de LEDs. Na traseira, barra da tampa do porta-malas também cromada e desenho da lanterna de gosto bastante questionável.
Honda WR-V chega às lojas em março
 Montado sobre a mesma plataforma do "irmão" Fit, o WR-V mede 4 metros de comprimento e tem 2,55 m de entre-eixos. A largura é de 1,73 m e a altura é de 1,6 m. Já o conjunto da suspensão também atende à receita aventureira, com altura livre do solo de 17,9 cm
Honda WR-V chega às lojas em março
 O WR-V terá apenas uma motorização. É a conhecida unidade 1.5 i-VTEC FlexOne, que também está presente no Fit. Com álcool rende 116 cv de potência e 15,3 kgfm de torque. Já com gasolina são 115 cv e 15,2 kgfm. O câmbio é continuamente variável CVT.


Novo Toyota Corolla 2018

Novo Toyota Corolla 2018
A Toyota lança no mercado brasileiro a linha 2018 do Corolla, seu carro de maior sucesso no Brasil e no mundo, que chega com design renovado e moderno, mais itens de conforto, conveniência e segurança. Tudo isso, aliado a uma qualidade construtiva única, powertrain robusto, que garante excelente dirigibilidade, amplo espaço interno e ao alto padrão Toyota de Qualidade, Durabilidade e Confiabilidade, faz do sedã médio mais vendido do Brasil um carro insuperável.

Uma das novidades que a Toyota traz neste ano, e que promete surpreender seus admiradores e atrair novos clientes, é a introdução da versão XRS, com itens como aerofólio traseiro, saias esportivas, ponteira de escapamento cromada e interior na cor preta. Além disso, o Corolla 2018 passa a contar com controle de estabilidade, tração, assistente de subida e sete airbags para toda a linha, reforçando ainda mais a segurança do modelo, que já recebeu cinco estrelas nos testes de colisão do Latin NCap.
O Corolla 2018 estará disponível em seis versões: GLi 1.8L com transmissão manual de seis velocidades; GLi 1.8L e GLi 1.8L Upper com transmissão automática Multi-Drive, que reproduz sete velocidades nos modos Drive e sequencial, por meio de trocas na alavanca de transmissão; XEi, XRS e Altis, todas com motor 2.0L e equipadas com a mesma transmissão automática Multi-Drive, incrementada com a possibilidade de trocas de marchas manuais no modo sequencial, tanto na alavanca do câmbio quanto por meio de borboletas localizadas atrás do volante.
Com vendas a partir de 17 de março, o novo Corolla continuará a escrever sua trajetória de sucesso global, que completa cinco décadas neste ano. No Brasil, sua história começou no início dos anos 1990, quando o modelo chegou por meio de importações. A partir de 1998, o sedã passou a ser produzido na planta da Toyota de Indaiatuba (SP). O Corolla liderou o seu segmento em 10 dos últimos 13 anos e, atualmente, possui aproximadamente 44% de participação de mercado.
DESIGN RENOVADO
Novo Toyota Corolla 2018 DESIGN RENOVADO
O novo desenho do Corolla garante uma presença mais marcante ao sedã. As alterações se concentram principalmente na parte dianteira, com um conjunto de faróis e grade reestilizados e mais afilados, que se integram de forma ainda mais consistente, realçando o conceito de design Keen Look da Toyota, inspirado no olhar focado de um atleta de alto rendimento, antes da competição.
Os cantos do para-choque ganharam vincos aprofundados, transmitindo uma sensação maior de tridimensionalidade e modernidade ao veículo, e aparência mais alongada, proporcionando mais robustez.
O conjunto óptico dianteiro do Corolla 2018 possui faróis de halogênio nas versões GLi e XEi, e de LED, com nivelamento automático, nas versões XRS e Altis. As lanternas com luzes diurnas (DRL –Daytime Running Lights) estão disponíveis a partir da versão XEi, e todas contam com lanternas dianteiras com luz de posicionamento em LED.
Na traseira, as mudanças se concentram principalmente nas lanternas, que agora são de LED em toda a linha e com nova disposição das luzes. O fato de as luzes traseira, de freio e de neblina estarem na parte inferior, aliado à barra cromada mais fina, transmite uma sensação de amplitude e fluidez. Somam-se a essas novidades, as luzes de ré e de seta em tom escurecido, dando um toque a mais de classe ao modelo.
Na lateral, é possível notar uma linha de cintura mais elevada e uniforme, incrementando a elegância do sedã. A partir da versão XEi, o Corolla ganhou também uma antena no estilo shark fin (barbatana de tubarão) e rodas de liga leve de 17”.
A versão XRS chega com diversos itens que evocam seu caráter dinâmico, como aerofólio traseiro, saias esportivas (frontal, lateral e traseira), ponteira do escapamento cromado e o exclusivo emblema XRS no canto inferior direito da tampa do porta-malas.
ACABAMENTO INTERNO
Novo Toyota Corolla 2018 ACABAMENTO INTERNO
O interior do Corolla 2018 continua unindo conforto, sofisticação e funcionalidade. Em todas as versões, o painel mantém o tema horizontal, ampliando a sensação de espaço aos ocupantes. As zonas de informação (instrumentos) e operação (Áudio/Multimídia e controles do ar-condicionado) estão posicionadas de forma intuitiva.
Desde a versão de entrada GLi, o acabamento é primoroso, com partes revestidas de couro na cor preta, como no volante e detalhes da manopla de transmissão, e cinza, na parte anterior dos bancos dianteiros e traseiros.
As versões GLi Upper e XEi possuem acabamento em couro na cor cinza; a XRS, em couro exclusivo na cor preta; e a topo de linha Altis, na nova cor linho claro. A partir da XEi, todas têm acabamento cromado nos difusores do ar-condicionado, que ganharam formato arredondado. Além destes itens, o botão da alavanca do freio de estacionamento e as maçanetas das quatro portas do Corolla Altis também são cromados.
Os dois tipos de painel de instrumentos disponíveis no Corolla receberam alterações gráficas. Na versão GLi, a zona de informação é composta por um grande círculo central que indica a velocidade, ladeado por dois menores: conta-giros à esquerda, e indicador de combustível e temperatura à direita. Um display de cristal líquido, localizado abaixo do mostrador de velocidade, reúne as informações do computador de bordo.
Na zona de operação do Corolla GLi, os comandos do ar-condicionado são manuais, e há um moderno sistema de som, com conexão Bluetooth® e entradas auxiliares tipo USB, para iPod® e similares.
Nas versões XEi, XRS e Altis, o painel de instrumentos mostra dois grandes círculos em suas extremidades: o esquerdo reúne o conta-giros e o termômetro do motor; o direito, o velocímetro e o indicador de combustível. No centro uma tela de TFT de 4,2”, agora colorida, exibe diversas informações sobre a condução, em projeção tridimensional.
A zona de operação dos modelos XEi, XRS e Altis também apresenta novidades. O sistema multimídia Toyota Play ganhou tela de LCD de 7” sensível ao toque.
Outro item que transmite sensação de exclusividade é a iluminação clear blue, comum a todas as versões, para os indicadores de velocidade e rotação do motor no painel de instrumentos, sistema de áudio, relógio e ar-condicionado, quando o farol está acionado. A intensidade da luz pode ser regulada conforme a preferência do motorista.
LISTA DE EQUIPAMENTOS
Novo Toyota Corolla 2018 LISTA DE EQUIPAMENTOS

O Corolla 2018 mantém um pacote completo de equipamentos, recheado de itens de conforto e conveniência. Desde a versão GLi, está equipado com direção eletroassistida progressiva; ar-condicionado com controle manual; chave do tipo canivete com comandos do alarme integrados; computador de bordo com seis funções (consumo médio e instantâneo, indicador Eco Drive, autonomia, velocidade média, tempo percorrido, controle de iluminação do painel e da temperatura externa); coluna de direção com regulagem de altura e profundidade; hodômetro e relógio digital; sistema de som com conectividade USB, para iPod® e similares, e dispositivo Bluetooth®; vidros e retrovisores com acionamento elétrico; volante multifuncional; entre outros.
A versão XEi também possui ar-condicionado digital; Smart Entry – sistema de destravamento das portas por sensores na chave; Push Start – sistema de partida sem chave (estes dois últimos são novidades para a versão); espelho retrovisor interno eletrocrômico; controle de velocidade de cruzeiro; rodas de liga leve aro 17”; antena shark fin; faróis de neblina dianteiros; acendimento automático dos faróis; painel de instrumentos com tela TFT colorida de 4,2”; sistema multimídia Toyota Play com tela LCD de 7” sensível ao toque e áudio compatível com DVD player, CD-R/RW, MP3, WMA e AAC e rádio AM/FM; sistema de navegação GPS; TV digital e câmera de ré; Bluetooth®; quatro alto-falantes e dois tweeters; entre outros.
A versão XRS se diferencia da XEi pelo acabamento interno na cor preta; aerofólio traseiro com luz de freio em LED; saias esportivas laterais, frontal e traseira; ponteira do escapamento cromada; faróis dianteiros em LED; ajuste de altura do farol; e rodas diamantadas aro 17”, com acabamento em preto brilhante.
Além do pacote acima, o Corolla Altis tem como diferenciais, ar-condicionado dual zone (novidade); limpador do para-brisa com sensor de chuva; banco do motorista com regulagem elétrica de oito posições; espelhos retrovisores externos eletrorretráteis automáticos; e rodas diamantadas aro 17”, com acabamento na cor cinza.
CONFORTO
Novo Toyota Corolla 2018 CONFORTO
As características mais atraentes do Corolla são a sua qualidade construtiva e a excelente dirigibilidade, que foram aprimoradas na linha 2018.
A principal novidade é a adoção das rodas de aro 17” (a partir da versão XEi), proporcionando maior estabilidade ao veículo. Para garantir o alto nível de conforto característico do modelo, os engenheiros da Toyota desenvolveram nova calibração dos amortecedores dianteiros e traseiros e elevaram a suspensão em 5 mm, para que o balanço entre conforto e estabilidade fosse mantido. Com a alteração na suspensão, o software do módulo de controle da direção elétrica também foi recalibrado.
Outro ponto bastante estudado pela engenharia foi o aprimoramento da acústica. Algumas mudanças, como a adição de uma camada de borracha no revestimento do painel corta-fogo e colocação de feltros nos painéis das portas, contribuíram para a redução do nível de ruído na cabine, aumentando o conforto.
MOTOR E TRANSMISSÃO
Novo Toyota Corolla 2018 MOTOR E TRANSMISSÃO
- 1.8L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, que rende 144 cv a 6.000 rpm, quando abastecido com etanol, e 139 cv a 6.000 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração é de 18,6 kgfm (com etanol) e 17,7 kgfm (com gasolina), sempre a 4.800 rpm.
- 2.0L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, que rende 154 cv a 5.800 rpm, quando abastecido com etanol, e 143 cv de potência a 5.800 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração é de 20,7 kgfm a 4.800 giros (com etanol) e 19,4 kgfm a 4.000 rotações (com gasolina).
Ambos os motores são construídos com bloco e cabeçote de alumínio, e oferecem a combinação perfeita entre desempenho, durabilidade e facilidade de reparação. As transmissões que equipam a linha 2018 são as já conhecidas, manual de seis velocidades, para a versão de entrada GLi, e a consagrada automática Multi-Drive, disponível nas outras versões. A transmissão Multi-Drive deriva da tecnologia CVT, e foi adotada para atender o consumidor brasileiro, que privilegia desempenho, sem abrir mão do conforto e do baixo consumo de combustível. Seu diferencial é um software de gerenciamento, que reproduz sete marchas, mesmo quando o motorista conduz o veículo com o câmbio na posição Drive.
A transmissão Multi-Drive da Toyota oferece, em todas as versões, a possibilidade de trocas manuais sequenciais. Na GLi, exclusivamente na alavanca de câmbio. Nas versões XEi, XRS e Altis, as trocas sequenciais também podem ser feitas por meio das borboletas localizadas atrás do volante. Estas três versões do sedã possuem a tecla “Sport Mode” que, quando acionada, altera o mapeamento do software de gerenciamento da transmissão e proporciona ao Corolla um comportamento dinâmico mais esportivo.
SEGURANÇA 
Novo Toyota Corolla 2018 SEGURANÇA
O quesito segurança foi um dos que mais receberam atenção por parte dos engenheiros da Toyota. Todas as versões do Corolla 2018 possuem Controle Eletrônico de Estabilidade (VSC), Controle Eletrônico de Tração (TRC) e Assistente de Subida (HAC). Além disso, os dois airbags do tipo cortina, antes disponíveis apenas na Altis, tornaram-se itens de série para toda a linha. Com o aprimoramento, o modelo soma sete airbags – dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelho para o motorista.
Dentre outros equipamentos de segurança, estão o sistema de ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis nos bancos traseiros; travamento automático das quatro portas a 20 km/h; cintos de segurança com pré-tensionador e limitador de força; freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem; luz de frenagem emergencial automática; acendimento automático dos faróis, nas versões XEi, XRS e Altis; e sensor de chuva, na Altis.
Novo Toyota Corolla 2018 PREÇOS E VERSÕES
PREÇOS E VERSÕES
Toyota Corolla 20181.8 L GLi manual R$ 69.690,00
1.8L GLi Multi-Drive R$ 69.990,00
1.8L GLi Upper Multi-Drive R$ 90.990,00
2.0L XEi Multi-Drive R$ 99.990,00
2.0L XRS Multi-Drive R$ 108.990,00
2.0L Altis Multi-Drive R$ 114.990,00
3 coisas que você deve fazer ao comprar um Mercedes usado

3 coisas que você deve fazer ao comprar um Mercedes usado

O emblema do Mercedes está repleto de prestígio e história, e como muitos outros carros-nozes, você pode ter um longo sonho de ter seu próprio Mercedes na garagem, pronto para dar uma volta sempre que quiser. No entanto, se você finalmente está pronto para comprar um Mercedes usado, você precisa fazer todo o possível para evitar se apressar em uma armadilha de dinheiro. Aqui estão três coisas que você deve fazer antes de comprar um Mercedes usado.

2016 Mercedes E-Class
2016 Mercedes E-Class teve sua estréia mundial no Detroit Motor Show, alguns dias atrás

Organizar uma inspeção pré-compra
É muito importante organizar uma inspeção pré-compra para qualquer Mercedes usado que você está falando sério sobre a compra. Fazer isso em uma loja de auto de manutenção da Mercedes-Benz pode ser um pouco mais caro, mas para a maior tranquilidade, pode ser um dinheiro bem gasto. Onde quer que você o faça, pergunte ao departamento de reparação de automóveis para obter cotações em qualquer um dos itens que precisam de trabalho. Qualquer revendedor honesto não terá problemas em levar o carro para uma inspeção minuciosa. Por outro lado, os vendedores que estão mentindo, ou tentando cobrir alguns detalhes importantes sobre o carro, farão desculpas. Tendo dito tudo isso, você não pode esperar que um Mercedes usado com muitas milhas seja completamente impecável. Coloque um pouco de dinheiro para reparos e priorize os mais importantes.
Digitalize o carro para códigos de falha
A próxima coisa que você deve providenciar quando comprar uma Mercedes usada é uma varredura completa do sistema do carro. Os scanners necessários para isso, como o iCarsoft MB II , podem ser caros e difíceis de adquirir de outra forma. No entanto, se você não quer acabar ficando queimado por sua compra, este é um passo essencial a seguir. Segure um scanner que seja compatível com o modelo que você tenha observado e peça permissão ao vendedor para conectá-lo ao carro. Novamente, como com a inspeção pré-compra, se o vendedor hesitar em deixar você fazer isso, é um sinal bastante claro de que você poderia estar entrando em uma armadilha. Depois de certificar-se de saber como operar a coisa, conecte o scanner e use-o para analisar todas as unidades de controle.
Obter um relatório de histórico de veículos completos
Isso mesmo, agora você tem que gastar ainda mais dinheiro antes de poder usar seu Mercedes usado para dar uma volta. Você pode ser tentado a ignorar a precaução de executar uma verificação do histórico do veículo, mas se você está planejando gastar milhares neste carro, não vale a pena salvar alguns centavos! Um relatório detalhado do histórico do carro informará se o carro esteve em acidentes, quantos proprietários anteriores tiveram e também registros de manutenção dependendo do carro e do provedor de relatórios. Também pode dizer se foi uma recompensa do fabricante, o que você quer evitar a todo custo! As probabilidades são, você não verá uma única marca negra, mas, como eles dizem, é melhor ser seguro do que remediar.
2017 Subaru Crosstrek

2017 Subaru Crosstrek

Novo em 2017 é o Subaru Crosstrek, o veículo externo acidentado que é perfeito para aqueles que não gostam da idéia de dirigir um caminhão ou SUVs maiores. Uma atualização avançada para o modelo do ano passado, o carro tem uma melhor suspensão, algumas atualizações de cosméticos impecáveis ​​e uma transmissão manual de cinco marchas para aqueles que preferem um controle de engrenagem mais apertado.
Então, o carro é certo para você? Bem, a única maneira de descobrir verdadeiramente é levar o carro para uma unidade de teste. Você pode descobrir mais no Baldwin Subaru que tem um amplo inventário de modelos Subaru, dando-lhe a oportunidade de experimentar o Crosstrek em primeira mão. Certamente, se você quer um veículo rodoviário para viagens regulares na cidade, há melhores opções disponíveis. No entanto, para o viciado em aventura que prefere a condução rodoviária, é uma escolha razoável. Enquanto o Jeep Renegade e o Mazda CX-3 são melhores para a potência total, o Crosstrek pode ser a escolha mais econômica e econômica para muitos, apesar de um motor de quatro cilindros pouco avançado e uma aceleração barulhenta.
Como é dirigir?
Conforme mencionado, o motor sub-motorizado faz do carro um dos mais lentos da sua classe. No entanto, uma vez em curso, o carro é bastante emocionante para dirigir com freios lisos, se não dignos de nota, e direção assistida de energia elétrica decente.
O sistema de tração nas quatro rodas vem como padrão no Crosstrek e rivaliza com alguns de seus concorrentes. Quando se trata de condições invernais, o Crosstrek lidará com as estradas escorregadias e geladas com facilidade e consumo mínimo de combustível. A suspensão robusta garante que o carro funciona bem em terrenos difíceis, com nove polegadas de distância ao solo e distribuição de energia de quatro rodas, mas ainda oferece um passeio confortável para o uso regular da estrada.
Avanços em tecnologia
Enquanto o carro possui um sistema de infotainment de tela sensível touchscreen de 7 polegadas , está faltando algumas das características modernas que estão se tornando padrão em veículos dessa classe. Por exemplo, a integração de smartphones não está bem implementada devido à falta de recursos de painéis Apple e Android. No entanto, o rádio e a capacidade de Bluetooth esperados estão presentes e corretos e devem satisfazer a maioria dos usuários de carros.
Claro, a segurança é uma prioridade, e a Subaru continua a inovar, com câmeras traseiras, sistemas de travagem automática, monitoramento em ponto cego e controle de cruzeiro adaptativo.
The Bottom Line
Enquanto o carro sofre em termos de energia, o carro é um prazer de dirigir e oferece uma viagem confortável para passageiros, com bastante perna e sala de cabeça. Também há espaço adicional para até 3 cadeiras para crianças, bem como espaço de carga suficiente, então este pode ser um carro familiar ideal. Embora não sejam luxuosos dentro da cabine, os bancos dianteiros aquecidos são bem-vindos e estão disponíveis em pano ou em couro. Um começo de botão e acesso sem chave são características ideais, embora padrão na maioria dos carros modernos. O Crosstrek pode ser superado em termos de velocidade e potência bruta, portanto, não é ideal para o rápido e o furioso, mas para o conforto, esta é uma alternativa digna para veículos similares em sua classe. No entanto, você ainda pode aguardar o modelo de 2018 que está ao virar da esquina.
Ferrari GTC4Lusso

Ferrari GTC4Lusso

O carro esportivo está fora de moda? Não! Claro que não, mas chamou sua atenção. E Ferraris nunca sairá da moda. Agora, como um carro para os cognoscenti de condução, a marca da Ferrari será sinônimo de classe. E enquanto nós vimos o LaFerrari Spider ir e vir, o mais recente, o GTC4Lusso tem muito poder por trás disso. O motor V-12 de 6,3 litros atinge 680 cavalos de potência a 8000 rpm, o que não deve ser ridicularizado! Vamos entrar no banco de direção e ver como ele mede os Ferraris de idade.

O verdadeiro humdinger do GTC4Lusso é a velocidade. Embora seja, por todas as contas, uma atualização do FF, é um segundo mais rápido em torno da faixa de teste da Fiorano. Afirma-se que atingiu 60 mph em 3,4 segundos, e com uma velocidade máxima de 208 mph, sua caixa de velocidades automática de 7 velocidades combinada com seu interior de luxo dá ao veículo a velocidade e o luxo que você exige de uma Ferrari. E enquanto o modelo FF anterior era bastante vagão-y, este é um hatchback diferente de qualquer outro tipo lá fora! A tração nas quatro rodas Lusso é muito um carro GT, feito para estradas abertas e longos trechos de rodovias, então, se você planeja usar o carro em longas estradas alpinas, é improvável que você sinta seu poder. O Lusso foi promovido como uma Ferrari civil, o que é bastante surpreendente quando você pensa em qualquer Ferrari tão barulhenta como um show de rock no caminho da aeronave de 30 pontos fortes,
Então, se você estiver olhando uma Ferrari para transportar as crianças para a escola (e vamos ser honestos, quem não ?!) Essa raça mais nova pode ser aquela para assinalar suas caixas e pensar em negociar no modelo mais antigo, que você Pode verificar mais em ibuylc.com/make/ferrari , porque, vamos enfrentá-lo, precisamos certificar-se de que nosso bebê está sendo colocado para pastar corretamente antes de seguir em frente. Mas, se você está procurando um passeio confortável para os passageiros, a Ferrari é geralmente sobre o motorista e o motorista sozinho. Mas o novo hardware dentro do veículo deu a impressão de que a Ferrari finalmente foi toda a Fórmula 1, com todos os controles secundários no volante. Dos faróis e da ignição ao telefone, você nunca precisará chegar longe nunca mais! A infotainment recebeu uma atualização com 10. Touchscreen de 3 polegadas com uma interface de botão fácil de usar, o que significa que suas necessidades de telefone, ventilação e áudio estão bem atendidas. E couro-revestido é a configuração padrão nestes interiores, mas se você for mais alto do que seis pés, você não vai conseguir alguém nos bancos traseiros.
Para aqueles que esperam uma Ferrari que é o topo da linha, isso não decepciona, mas você pode querer pensar duas vezes antes de virar sua aranha.
Revisão: The Jaguar F-Pace

Revisão: The Jaguar F-Pace

O mercado SUV está cheio de veículos que são grandes em resistência, mas pouco em estilo, e, no que diz respeito à diversão, você seria difícil empurrar para encontrar uma unidade tão divertida como essa Jaguar F-Pace. Muito parecido com o Jaguar para fazer suas próprias coisas, ele desenvolveu seu próprio estilo para o F-Pace, e ao invés de recorrer a marcas confiáveis ​​como Land Rover para reduzir a estrutura, o F-Pace resultou em um SUV que não é apenas ótimo Para dirigir (o que não é uma façanha para o seu primeiro SUV), mas também tem uma sensação semelhante aos modelos Jag anteriores, como o Jaguar XF AWD , que é bastante!

Comparando-o com o XF ou o XE se sente completamente injusto, mas é algo que você não pode ajudar a fazer, mas é quando você sai da estrada que o F-Pace vem em sua própria SUV. Tal como os salões e as encarnações desportivas antes dele, a direção rápida faz uma agilidade real, independentemente da superfície da estrada. Há também muita aderência, o que significa que você pode dirigir com facilidade em terrenos acidentados. E enquanto o SUV é parcialmente construído para terrenos acidentados, se você quer ter levado este bebê até uma colina áspera, os pneus de lama ou os pneus de lama ATV serão uma mão amiga para cuidar de sua tranquilidade (e seus spoilers). Está nas estradas traseiras onde você realmente vê o que este SUV é capaz de, e há muito apoio, mas sem o barulho do vento que você obtém de outros SUVs.
A escolha do motor é de cinco, o diesel de 2.0 litros, o diesel V6, a gasolina de 3,0 litros, o 247 bhp de 2,0 litros e, finalmente, o motor a diesel de quatro cilindros de 237 bhp. Então, você é escolhido, mas o diesel Ingenium de 2.0 litros parece o mais popular. Velocidade, o litro de 178 bhp atingirá 62 mph em 8,7 segundos e atingirá as velocidades máximas de 129 mph, e responde muito bem ao acelerador e quando está ocioso ou no cruzeiro, é um passeio muito mais silencioso. As mudanças de marcha são agradáveis ​​e graduais, o que é notável em longos trechos de estrada, especialmente quando você olha SUVs semelhantes, como o Land Rover Discovery Sport.
Para o mpg, o diesel retornará quase 60 mpg, o que é ótimo para seus custos de funcionamento, especialmente quando você o compara com outros rivais de baixo mercado. A caixa de velocidades automáticas de oito velocidades significa que você controla sua economia de combustível até certo ponto, e a opção manual de quatro rodas está disponível se você estiver realmente olhando para reduzir seus custos de combustível.
Como uma peça de maquinaria sexy, o F-Pace é estilísticamente semelhante ao conceito C-X17 que foi revelado em 2013. Como SUV, parece fantástico, e com sua grade e faróis intimidantes, você dificilmente precisará tocar seu chifre Para que as pessoas saibam que você está vindo. E o interior é tão elegante como você imagina, com espaço e espaço livre para a maioria das pessoas. Jaguar estava sempre no topo de seu jogo nas apostas em carros esportivos, mas agora eles se destacaram.
SUV e a cidade: 4x4s são grandes independentemente de onde você vive

SUV e a cidade: 4x4s são grandes independentemente de onde você vive

SUVs são alguns dos veículos mais impressionantes e capazes por aí, mas muitos os deixam de lado quando procuram comprar um veículo porque vivem em uma cidade, cidade ou área construída. No entanto SUVs e 4x4s podem fazer uma excelente escolha, independentemente de onde você mora, você pode não estar usando a estrada, mas ainda há uma tonelada de grandes benefícios. Aqui estão apenas alguns deles.
O espaço
Doente de espremer você, seu parceiro, seus 2.5 filhos, cadeiras de carrinhos, bolsas e tudo mais em um hatchback? SUVs são veículos grandes, o que significa que eles podem ser a escolha perfeita para as famílias . Não há mais sensação apertada em longas viagens familiares e você tem todo o espaço para tudo o que você precisa. Se seus filhos tiverem amigos com eles ou estão escolhendo família extensa, um veículo maior permite que você faça isso. Você pode se encaixar facilmente em coisas como bicicletas ou grandes mercearias na parte de trás, o que significa que podem ser veículos ideais para a vida familiar ocupada
As características de segurança
A segurança é uma consideração importante para qualquer veículo que você comprar. SUVs são muitas vezes muito luxuosos e, claro, os modelos mais novos serão equipados com a melhor e mais nova tecnologia. Coisas como câmeras e sensores de estacionamento tornam-nos ideais para a vida em áreas construídas, quer você esteja viajando por centros urbanos ocupados cercados por pessoas ou fazendo manobras, esses tipos de recursos ajudam a manter você e outros seguros.
Eles não são tão caros (ou prejudiciais para o meio ambiente) como você poderia pensar
Veículos maiores como SUVs e 4x4s têm a reputação de ser guzzlers de gás, o que, claro, é uma má notícia tanto para sua carteira quanto para o meio ambiente. No entanto, nem todos os modelos merecem essa reputação, muitos são feitos com os mesmos motores que os carros menores e a economia fazem de forma semelhante. Os carros padrão também podem ser ruins para o meio ambiente, o truque é verificar os níveis de emissão dos modelos que você tem em mente antes de fazer a compra. Muitos serão muito mais gentis para o ambiente do que você pensa.
Eles fazem um bom passatempo
Mesmo se você mora em uma cidade, você ainda pode usar seu 4 × 4 como um hobby. Há muitos parques de passatempo e trilhas pontilhadas se quiser ver o que é capaz e realmente colocá-lo através de seus passos. Você pode considerar considerar 4 × 4 acessórios de suspensão e outros complementos para lhe dar o melhor desempenho possível. Portanto, mesmo que se use principalmente em torno da cidade, você sempre tem a opção de fazer mais com isso se quiser.
Eles parecem ótimos
Do ponto de vista puramente cosmético, os SUVs são incríveis. Se você quer um veículo impressionante e bonito, então eles sempre serão uma boa escolha. Você trabalha duro por seu dinheiro e tem o direito de gastá-lo como quiser, se você ama a aparência de um SUV e sempre quis possuir um, então vá para ele! Como os pontos acima mostram, você não precisa ser um fora do caminho para que seja uma escolha de veículo fantástica.